sábado, 13 de agosto de 2011

Tempo de Oportunidade

      
Sendo o nosso Deus Eterno, dentro de nossa existência terrena, que não é nada mais que um fragmento da eternidade, cria diversas situações e circunstancias que se transformam para nós em incríveis tempos de oportunidades para abraçarmos ou não os seus planos para a nossa vida. E vale apena lembrar que há oportunidades que não voltam mais. 
    Nestes últimos dias amados internautas, irmãos e amigos, o Senhor Jesus tem falado muito forte ao meu coração, e me feito meditar em quatro passagens bíblias, à saber:  Ester 4.14 ; Juízes 4; Provérbios 3.1 e Eclesiastes 9:10.
     A exemplo do que aconteceu com a rainha Ester, que em tempo de crise foi alertada por seu tio Mardoqueu, que para a salvação do seu povo Deus a tinha elevado ao posto de Rainha de um grande império, agora cabia a ela  saber aproveitar bem ou não a sua posição para servir como canal de benção para o seu povo, com a seguinte ressalva que: se ela não cumprisse o propósito para o qual Deus a tinha chamado certamente o livramento para os seus irmãos viria de outra parte, porém ela e os da casa de seu pai pereceriam.
Ester 4.14 "Porque, se de todo te Calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?".
         Já no livro de Juízes no capítulo quatro, encontramos mais uma grandiosa historia de oportunidade dada por Deus, desta feita um homem chamado Baraque; naqueles dias os filhos de Israel clamaram ao Senhor pedindo que os livrassem das mãos do rei Jabim que juntamente com o seu capitão Sísera, vinha oprimindo a nação de Israel há vinte anos, foi aí que Deus levantou a juíza Débora e lhe deu uma mensagem:
Juízes 4.6-9.
  "E mandou chamar a Baraque, filho de Abinoão de Quedes de Naftali, e disse-lhe: Porventura o SENHOR Deus de Israel não deu ordem, dizendo: Vai, e atrai gente ao monte Tabor, e toma contigo dez mil homens dos filhos de Naftali e dos filhos de Zebulom?
     E atrairei a ti para o ribeiro de Quisom, a Sísera, capitão do exército de Jabim, com os seus carros, e com a sua multidão; e o darei na tua mão.
      Então lhe disse Baraque: Se fores comigo, irei; porém, se não fores comigo, não irei.
    E disse ela: Certamente irei contigo, porém não será tua a honra da jornada que empreenderes; pois à mão de uma mulher o SENHOR venderá a Sísera. E Débora se levantou, e partiu com Baraque para Quedes."
       Com este tema pretendo chamar a sua atenção, para as oportunidades que o SENHOR tem oferecido a todos os seus servos, oportunidade de fazer a Sua obra, oportunidade de vivermos em harmonia, oportunidade de atendermos o Seu sublime chamado, mas por  "N" motivos, acabamos fazendo aquilo que nos parece mais conveniente ou mais cômodo.
    Aprendamos com os exemplos de Baraque e de Ester! e tomemos a escolha certa para a glória de Deus e para o bom andamento da sua Obra. Amém.


 Medite: 

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Eclesiastes 3.1

"Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma" (Eclesiastes 9:10)

Por: Pr. Jonas Freitas de Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mapa de Visitantes

Loading...