domingo, 3 de junho de 2012


CGADB convoca ministros para Assembleia Geral Extraordinária em Alagoas (Data 6-8 de Junho 2012)

Alagoas vai receber mais de 4 mil assembleianos de outras localidades no início de junho. Eles participam da 5ª Assembleia Geral Extraordinária (AGE), convocada pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), e que vai acontecer no Castelo do Desfiladeiro, o centro de eventos da igreja no Estado, localizado no município de Rio Largo. A previsão de visitantes foi dita pelo pastor-presidente José Antonio dos Santos no culto de doutrina desta terça-feira (22).
Deste total que vêm de outras regiões do País, estão inclusos pastores e evangelistas filiados às convenções estaduais, as esposas deles, filhos e demais acompanhantes. O evento acontece de 06 e 08 de junho. Dias antes, os inscritos e os parentes começam a chegar ao Estado.
O levantamento feito pela CGADB revela que exatamente 2.923 pastores fizeram as inscrições para a 5ª AGE. Da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas (Comadal) vão participar 203 obreiros. A Convenção do Amazonas, a Ceadam, inscreveu 506 pastores e terá a maior representatividade no evento.
As plenárias prometem ter muitas discussões de conteúdo relevante. Segundo acredita o pastor José Antonio dos Santos, assuntos referentes à reforma estatutária da Assembleia de Deus serão temas das sessões convocadas pela CGADB. E, cada uma delas, deverá ter discussões acaloradas.
“Os assuntos são polêmicos e os pastores precisarão chegar a um consenso. Até que ele seja alcançado, muitos debates vão acontecer. A proposta da Convenção Geral da Igreja é fazer algumas reformulações no estatuto, ainda que parcialmente”, enfatizou o pastor-presidente assembleiano durante o culto de instrução. Um dos temas será o credo – pontos defendidos e cridos pela Assembleia de Deus no Brasil. Em outras oportunidades, nenhum acordo foi firmado entre os pastores, o que justifica a nova convocação de AGE.
Para fundamentar o evento, o pastor José Neco apelou, nesta noite, aos dirigentes das congregações da capital e do interior para que iniciem um período de oração sempre antes dos cultos. E reforçou que a maior parte das despesas ficará sob a responsabilidade da CGADB. Entretanto, frisou que a igreja em Alagoas não ficará isenta de dar a sua parcela – bem significativa – de contribuição.
Vale ressaltar que as plenárias durante o dia (07 e 08 de junho) terão somente a participação dos pastores inscritos das convenções. Serão eles os responsáveis por decidir pela reforma do estatuto da igreja. Todas as noites o ministério celebra cultos no Castelo do Desfiladeiro abertos ao público em geral. Pregadores e cantores convidados abrilhantam o evento.

Mapa de Visitantes

Loading...